Taccari, Angelo | Galeria de Arte André
Artista

Taccari, Angelo

Taccari, Angelo

 

As esculturas de Angelo Taccari são obras com definida performance neo-clássica feitas com a argila, material catártico, de forte expressividade e que, além do mais, guarda a marca, as impressões da emoção artística do autor. Muitas das figuras delicadas dos nus, em posturas cândidas são pintadas dando-lhes a aparente impressão de uma pele de louça, translúcida e, extremamente, feminina. Taccari trata a representação da mulher de maneira diversa da maioria dos artistas atuais, que em nome de um modismo artístico, retiram-lhe as características intrinsicas. Mulher é sensível, delicada, preocupada com as expressões de seus sentimentos. Se a vida lhe impede de mostrar como realmente são, resta ao artista revelar-lhe a face oculta. As mulheres do expositor são amorosas, sensuais, evocáticas, belas, felizes de se desnudarem como o são na verdade Angelo Taccari consegue realizar a proeza de expressar a sensibilidade oculta da mulher através da, apurada técnica que o acompanha há muito tempo. Percebe-se que as formas nascem do fazer lúdico, do gosto e do prazer de esculpir, sem o preconceito de criar o inusitado. Ele faz o seu trabalho com felicidade. Para dizer a verdade, vendo as mulheres do escultor lembrei-me, até, que muitas mulheres, apesar da máscara do desempenho social, podem, também ser languidas e delicadas como as de Taccari. (Rhada Abramo, 1993)

 

CURRICULUM

Escultor, ceramista e pintor. Roma, Itália, 1924. Radicado no Brasil, em São Paulo, desde 1952

Cursos de escultura e cerâmica com os professores Goffredo Verginelli e Cosimo Ettore na Academia de Belas Artes de Roma.

1952 Recém-chegado ao Brasil, trabalha com o pintor e decorador Joaquim Tenreiro. Realiza sua 19 exposição na Galeria Tenreiro - São Paulo.

1954 Representando o Brasil, recebe medalha de ouro da exposição "Obras Primas da Cerâmica Moderna", patrocinada pela "Académie Internationale de la Ceramique", realizada em Cannes, França, mostra que reuniu grandes expoentes da arte moderna, entre Os quais Picasso e Chagall.

1956 Medalha de bronze no V Salão Paulista de Arte Moderna.

1958 Medalha de prata e prêmio aquisição no Salão Paulista de Belas Artes.

1960 Volta a Roma em viagem de trabalho e estudos complementares de arte sacra. Nessa ocasião seus trabalhos despertam o entusiasmo e são adquiridos pelo célebre ator James Cagney, que visita o atelier de Taccari na Via Margutta.

1963 Exposição de pinturas e monotipias na Galeria Cerâmica-Augusta, São Paulo.

1964 Exposição na H Cerâmica - São Paulo, juntamente com o pintor e desenhista Aldemir Martins, que nessa oportunidade, ao lado de Taccari, tez brilhante incursão no campo da cerâmica.

1965 Recebe Menção Honrosa, representando o Brasil na 1: Bienal Internacional de Artes Aplicadas do Uruguai.

Passa largo período como diretor técnico de importante indústria de cerâmica, dedicando-se a execução de painéis integrados à arquitetura

1985 Participa da exposição coletiva no MASP, com a curadoria de Pietro Maria Bardi, intitulado "100 Obras Itaú".

1977 Realiza exposição individual no Escritório de Arte Renato Magalhães Gouvêa, em São Paulo. Instala seu atelier no Mirim-Açú, em Ibiúna, São Paulo.

1979 Participa da coletivas "Artistas Exclusivos no Recife' "'Escultura Brasileira', e individual na Galeria Artespaço, Recife.

1980 Realiza exposição individual no Escritório de Arte Renato Magalhães Gouvêa, São Paulo. Sendo que o catálogo é prefaciado por Eldino Brancante.

1982 Realiza exposição individual na Galeria A.M. Niemeyer, Rio de Janeiro. A apresentação do trabalho é realizada por Walmir Ayala. Executa troféu Raymond Magalhães em comemoração do aniversário do Banco Crefisul.

1983 Realiza exposição individual no Escritório de Arte Renato Magalhães Gouvêa, São Paulo. Participa do Leilão "Nordeste Urgente', com os lances dados pela TV.

1984 Realiza exposição de esculturas em bronze na Galeria Artespaço, Recife.

1987 Executa via sacra,14 placas em ceramica policromada para a Capela da Fazenda Boa Esperança.

1990 Exposição de painéis artísticos em cerâmica na Art Weld Co. Osaka, Japão.

1993 Artistas italo-Brasileiros em São Paulo, promoção Fiat e Consulado Italiano.

Realiza exposição individual na Galeria de Arte André, São Paulo, Catálogo prefaciado por Radha Abramo

1996 Exposição individual "Sonhos em Harmonia", na Galeria de Arte André, no espaço da alameda Gabriel Monteiro da Silva

 

Obras em coleções públicas e particulares

Destaca-se a escultura "Eva'', adquirida pelo Governador do Estado de São Paulo, Paulo Egydio Martins, que passou a integrar a Pinacoteca do Palácio dos Bandeirantes. O "Arcanjo Gabriel", patrono da Xerox do Brasil.

 

Painéis e Murais

Painéis para os Bancos do Estado da Bahia, Banco Financial do Mato Grosso, nas cidades de Campo Grande, Cuiabá e Corumbá, Companhia SABESP, São Paulo, Centro Empresarial de São Paulo, Saguão do Prédio Savoy, Av. Paulista São Paulo, Shopping Center Interlagos São Paulo, Shopping Center Aricanduva São Paulo.

 

Angelo Taccari
Quero receber novidades
Preencha o campo Nome e Sobrenome corretamente.
Preencha o campo Email corretamente.